Como recuperar clientes inativos: 5 passos estratégicos que funcionam!

Se você é empresário, seja do ramo de serviços ou de produtos, certamente já se perguntou por que algumas pessoas, que eram clientes fiéis, não consomem na sua loja há um bom tempo. A resposta pode ser a mais diversificada possível.

Alguns vão culpar a pandemia ou a recessão econômica enfrentada pelo Brasil desde os tempos de Cabral, mas o que é certo é o impacto que esse montante tem no seu caixa todos os dias.

Continue a leitura e conheça algumas técnicas que podem te ajudar a recuperar clientes inativos. 

5 táticas para recuperar clientes inativos

Para recuperar os clientes que, por algum motivo, pararam de comprar na sua empresa é preciso que você entenda todo o processo que fez com que a pessoa tomasse essa atitude. Preparamos uma lista com 5 passos estratégicos para te ajudar! 

1. Descobrir o que aconteceu

Esse é o ponto de partida para que você entenda o que aconteceu. Você deve se perguntar: O que houve afinal?

Lembre-se que nem sempre se perde um cliente por insatisfação dele. Ele pode simplesmente ter mudado o modelo de negócio e não usa mais o seu produto ou serviço, ou então mudou as instalações dele para longe ou ainda, baixou as portas.

Por isso, é importante que você descubra o motivo, para que não perca tempo em busca de repatriar clientes que talvez não precisem mais de uma solução que você oferece.

Por outro lado, é difícil recuperar um cliente inativo que ficou insatisfeito com o seu negócio. Nesses casos é preciso verificar o histórico de relacionamento do cliente, por meio de e-mail, chats, pedidos e outros documentos de contato, até mesmo comentários em redes sociais podem te ajudar.

Ao descobrir o que levou o cliente a desistir do relacionamento com sua empresa, busque uma forma de demonstrar que a falha já foi solucionada.

2. Oferecer um novo produto ou serviço

Fazer o lançamento de um novo produto ou serviço no mercado é uma ótima oportunidade para entrar em contato com novos clientes e clientes inativos. Essa pode ser uma maneira de você reconquistar quem deixou de consumir o que é oferecido pela sua empresa. 

Afinal, se você tem algo novo a oferecer, isso pode ser exatamente o que faltava para atender às expectativas frustradas daquele cliente que há tempos não dá as caras no seu negócio.

3. Fazer uma ponte por meio de um outro cliente que ele conheça

Clientes fiéis e parceiros podem fazer a diferença no seu negócio. Por que não pedir ajuda de um deles para recuperar um cliente inativo? 

Na maioria das vezes, eles se conhecem e acabam trocando experiências ou pedem conselhos e ideias uns aos outros. Se você acredita que tem abertura com um determinado cliente para pedir essa ajuda, essa pode ser uma maneira muito simples e efetiva de recuperar um cliente inativo.

4. Marcar uma visita para conversar

Já tentou de tudo para trazer de volta um cliente inativo, mas nada funciona? Um telefonema marcando um encontro para tomar um cafezinho ou um chopp pode resolver.

Mas nesse caso é preciso cautela, para não ser insistente demais, pois a impressão errada pode determinar de vez a perda dessa relação.

5. Faça uma proposta irrecusável

Uma jogada mais agressiva pode despertar aquela paixão do seu cliente pelo produto ou serviço que estava adormecida. 

Busque entender através de pedidos antigos qual o perfil dele, o que costumava comprar e ofereça algo que realmente vá surpreendê-lo. Esse pode ser o caminho para que você retome a relação.

Com essas técnicas, fica muito mais fácil identificar os pontos que podem ser melhorados para agradar e atrair ainda mais clientes para o seu negócio.

Asset 7

Receba dicas em nosso instagram e aumente suas vendas, aprenda mais sobre revenda e em como fidelizar seus clientes.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Tiva – Todos os direitos reservados.

Crie o seu cadastro!

Automatize suas cobranças, otimize seu tempo e pare de passar constrangimento na hora da cobrança.

Cadastro

"*" indica campos obrigatórios

Concordo*