Empreendedor faz o controle dos diferentes tipos de notas fiscais emitidas em seu negócio

Tipos de notas fiscais: saiba quais modelos podem ser emitidos no seu negócio

Quando se possui um negócio é comum realizar a emissão de notas fiscais para comprovar as vendas aos seus clientes, porém esse não é o único tipo de nota que pode ser realizada. 

Para realizar o controle de diferentes esferas da sua empresa, você pode realizar a emissão das notas de saída, entrada e de serviços. Além de serem uma segurança para manter o controle financeiro do seu empreendimento, elas também são um documento exigido pela Secretaria da Fazenda para que sejam feitas as cobranças dos impostos e das taxas.

Para conhecer os diferentes tipos de notas fiscais disponíveis basta acompanhar o texto que preparamos hoje para você! 

Tipos de notas fiscais: saiba qual a importância desse documento e as vantagens da emissão eletrônica

A nota fiscal é um documento de grande importância não apenas para o cliente, mas também para o empreendedor, pois, é com ela que será possível fazer o controle das transações financeiras realizadas pela empresa. 

Enquanto isso, para o consumidor, a nota fiscal é a garantia da comprovação da compra e pode ser utilizada no momento de troca ou reembolso de valores. 

Desde o ano de 2010 a emissão desse documento é obrigatória no setor de comércio e, com o surgimento da nota fiscal eletrônica, o processo de fiscalização das transações, realizado pela Receita Federal, se tornou ainda mais simples.

Mas, gerar o comprovante de maneira eletrônica também traz vantagens para o consumidor e o empreendedor. Além de ser melhor para preservação ambiental, pois não será necessário ficar armazenando papéis, essa emissão também facilita o trabalho contábil.

Saiba quais são os tipos existentes de notas fiscais 

Atualmente, existem três tipos de notas fiscais disponíveis: a de entrada, a de saída e a de serviços. Com elas, é possível registrar as compras, as trocas e devoluções e as vendas em geral.

A nota de entrada é emitida para registrar a chegada de algum produto no estoque da sua empresa e pode ser emitida tanto na compra de mercadoria quanto na devolução de algum produto. 

Caso você esteja tratando do controle de produtos novos em estoque é possível fazer a importação das notas recebidas junto com a mercadoria. Já, quando se trata da devolução ou troca realizada por algum cliente será necessário gerar um novo documento.

Enquanto isso, as notas de saída são as mais populares no ramo do comércio, pois, é dessa forma que é realizado o controle das vendas em geral, das vendas consignadas e até mesmo de vendas futuras. 

Também é possível gerar notas para o controle de exportações, sempre atentando-se aos impostos cobrados ou isentos nesse tipo de operação.

Outra nota fiscal muito comum é a de remessa, com ela é possível fazer o controle do transporte de mercadorias feito entre diferentes filiais de uma mesma empresa.

Além das notas fiscais também existe o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE), que serve para acompanhar o produto durante a fase de transporte e você pode fazer o envio ao cliente via e-mail.

Por último, mas não menos importante, existe a Nota Fiscal de Prestação de Serviços Eletrônica (NFS-e), que é o documento emitido por aqueles que se enquadram na categoria de microempreendedor, o popular MEI

A emissão deste documento só é obrigatória quando o cliente em questão é uma empresa ou pessoa jurídica e pode ser feita diretamente em um sistema cedido pela prefeitura do município do empreendedor.

O texto de hoje é um oferecimento do Tiva, o aplicativo gratuito para gestão financeira de pequenos negócios, profissionais liberais, autônomos e ONGs. Com essa tecnologia, ficou muito mais simples enviar cobranças e receber pagamentos dos seus clientes e colaboradores, de forma automática.

Baixe gratuitamente e conheça! Disponível para Android e iOS.

Simplifique e receba, use o Tiva!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie o seu cadastro!

Automatize suas cobranças, otimize seu tempo e pare de passar constrangimento na hora da cobrança.

Cadastro

"*" indica campos obrigatórios

Concordo*