Freelance recebe pagamento após realizar cálculo do preço da hora de trabalho realizado

Preço da hora: saiba quanto cobrar pelo seu trabalho

Quem trabalha como freelancer ou autônomo costuma enfrentar um grande dilema na hora de aceitar trabalhos: quanto cobrar por hora trabalhada? Isso porque, vários fatores podem envolver a definição do preço. 

Para fazer o cálculo de quanto cobrar é necessário considerar o tempo que você leva para concluir a demanda, seu conhecimento, as ferramentas utilizadas, entre outros detalhes. Essa conta deve ser feita com cuidado, para que o valor seja justo para ambas as partes.

Isso porque, trabalhos caros demais tendem a ser mal vistos no mercado, já aqueles com preço abaixo da média podem despertar desconfiança por parte dos empregadores. 

Para te ajudar a entender melhor como definir o preço do seu trabalho, separamos algumas dicas que podem ser úteis no processo. Acompanhe. 

Para saber mais: Controle de pagamento: saiba como administrar as contas mensais a serem recebidas

Como definir o preço da hora de trabalho?

Definir o preço do seu trabalho é um passo importante para se posicionar no mercado. Valores abaixo da média costumam gerar desconfiança da credibilidade profissional, já aqueles caros demais podem ser vistos como supervalorização ou, até mesmo, exagero.

Para precificar o seu trabalho corretamente é preciso levar em consideração alguns fatores importantes, como o seu tempo de atuação na área.

A experiência profissional costuma ter muito valor na determinação de preços e a classificação pode ser nas categorias Júnior (até 5 anos de experiência); Pleno (de 6 a 9 anos de experiência), Sênior (a partir de 10 anos de experiência) e Master/ Especialista (mais de 15 anos de experiência). Ao considerar a sua classe, você conseguirá pesquisar o valor médio de mercado cobrado por outros trabalhadores. 

Mas, além do tempo de experiência, os custos envolvidos no desenvolvimento do seu trabalho também têm grande importância na definição do seu preço. 

Nesse cálculo, deverão ser considerados os materiais que você utiliza, as ferramentas, matéria-prima e, se você trabalha de casa, também devem ser considerados os valores de contas como energia, internet e aluguel.

Para saber mais: Saiba como emitir nota fiscal de prestação de serviços de maneira eletrônica

Saiba como realizar o cálculo do valor de trabalho por hora

Para fazer o cálculo do valor correto a ser cobrado é preciso, antes de mais nada, pesquisar qual seria o salário de um funcionário de uma empresa que exerça a mesma função que você e com o mesmo nível de experiência. 

Ao considerar isso, vamos supor, que o salário desse colaborador seja de R$ 3 mil mensais. Em seguida, calcule a jornada de trabalho: em média 40 horas por semana, equivalente a 160 horas mensais. 

Dessa forma, você pode realizar o cálculo da seguinte forma: R$ 3.000/ 160 horas = R$ 18,75 por hora.

Agora, leve em consideração todos custos operacionais que citamos acima, e vamos supor que o resultado seja R$ 1.500 mensais. Em seguida, realize o mesmo cálculo: R$ 1.500/ 160 horas = R$ 9,37.

Com esses resultados, basta somar o valor da hora trabalhada com o valor dos gastos fixos. De forma que o cálculo será R$ 18,75 + R$ 9,37 = R$ 28,12.

Em seguida, multiplique esse valor pela quantidade de horas que o trabalho irá durar, como por exemplo 8 horas: R$ 28,12 X 8 horas = R$ 224,96.

Esse resultado final será o orçamento que você deverá apresentar ao seu empregador no momento de fechar um trabalho. 

Com o valor final determinado e o trabalho combinado, é hora de realizar o controle das suas finanças e dos pagamentos realizados a você. E, para te ajudar com a gestão de todos os processos de organização e cobrança, você pode contar com o Tiva.

O aplicativo que foi desenvolvido especialmente para a gestão financeira de pequenos negócios, profissionais liberais e autônomos. Com essa tecnologia é ainda mais simples enviar cobranças, receber pagamento e manter o controle das finanças da sua empresa.

Baixe gratuitamente e conheça! Disponível para Android e iOS.

Simplifique e receba, use Tiva.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie o seu cadastro!

Automatize suas cobranças, otimize seu tempo e pare de passar constrangimento na hora da cobrança.

Cadastro

"*" indica campos obrigatórios

Concordo*