Homem acompanha o fluxo de caixa do seu negócio

Fluxo de caixa: 6 passos para manter o controle financeiro do seu negócio

Manter a organização das finanças da sua empresa é um dos passos mais importantes para o sucesso do seu negócio. Por isso, é importante organizar e atualizar as informações de um fluxo de caixa para que possa acompanhar todas as movimentações financeiras que ocorrem na firma.

Essa ferramenta é um indicador importante da saúde financeira da sua empresa e, ao analisar os dados contidos nele, é possível tomar decisões sobre o planejamento financeiro e futuros investimentos. Entenda melhor sobre o fluxo de caixa ao longo deste artigo.

Fluxo de caixa: 6 passos para começar

Para elaborar a estrutura do fluxo de caixa do seu negócio é preciso levar em consideração as características da sua empresa e as necessidades que ela possui. Por isso, separamos algumas dicas que podem ser úteis para você na hora de utilizar essa ferramenta de controle, confira abaixo:

1. Controle o saldo da empresa

Observe o saldo que sua empresa possui no momento e em seguida estipule um período para que seu fluxo de caixa seja avaliado. Ou seja, o intervalo de tempo em que serão feitos os lançamentos, o fechamento e a análise da demonstração de caixa. Esse processo pode acontecer mensalmente, trimestralmente ou semestralmente, ao seu critério.

2. Verifique os dados de receitas e despesas da empresa

É preciso identificar as receitas e despesas que sua empresa possui (pagamentos de funcionários, fornecedores e doações são alguns exemplos disso) e, em seguida, lançar essas informações no fluxo de caixa. Dessa forma, será possível manter organizadas todas as saídas e entradas que ocorrem no seu negócio.

3. Categorize suas despesas e recebimentos

Categorizar todas as transações que ocorrem na sua empresa pode ajudar a identificar quais os recursos que você possui e quais os tipos de gastos. Essas categorias podem ser divididas conforme as necessidades avaliadas e feitas de acordo com os departamentos do negócio.

4. Registre todas as entradas que ocorrem no caixa

Lembre-se de manter um registro de todos os pagamentos que entram no seu caixa, incluindo os parcelamentos realizados. Dessa forma, será possível ter uma previsão de como a empresa estará financeiramente no futuro.

5. Tenha um registro de todas as saídas do caixa

É muito importante dar baixa nas saídas que acontecem no seu fluxo de caixa, no mesmo período em que as entradas foram registradas. Esse é um detalhe que auxiliará a manter a segurança financeira da empresa, pois será possível ver qual o real valor disponível em. Outra dica importante é manter todos os lançamentos atualizados.

6. Use um sistema para facilitar o fluxo de caixa 

Utilizar um aplicativo para te auxiliar no controle de todos os registros financeiros do fluxo de caixa da sua empresa é uma maneira simples de se manter sempre organizado.

Para te ajudar com isso, conte com o Tiva, o aplicativo de gestão de cobranças e pagamentos criado para que você não perca tempo com as finanças do seu negócio. Ele é ideal para autônomos, PMEs e ONGs e oferece várias funcionalidades que te ajudarão a ter mais controle sobre o fluxo de caixa. Faça o download e conheça! Disponível para Android e iOS.

Simplifique e receba, use Tiva!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie o seu cadastro!

Automatize suas cobranças, otimize seu tempo e pare de passar constrangimento na hora da cobrança.

Cadastro

"*" indica campos obrigatórios

Concordo*